Devocional - Terça-feira 20/04/2021


Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna e não entrará em juízo, mas já passou da morte para a vida. (…) A hora está chegando, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus e aqueles que a ouvirem viverão.

João 5: 24,25 .


Eu sou eu estava



Na aula estava aprendendo a conjugar o verbo “ser” no presente e no passado. O professor explicou: “O tempo passado significa que algo acabou. Se eu disser 'eu estava doente', significa que não estou mais doente. ” Os alunos deram outros exemplos: “Eu era jovem; agora estou velho. ” "Eu estava triste; agora estou feliz. ” "Eu estava morto; agora estou vivo. ”

George imediatamente levantou a mão, “Por favor, senhora, você não pode dizer, 'eu estava morto'. Quando você está morto, você não pode falar! ” George estava certo. O exemplo dado estava incorreto.

No livro do Apocalipse, porém, encontramos precisamente esta declaração da boca de um Homem, Jesus Cristo, que disse ao apóstolo João: “Eu sou aquele que vive e estava morto, e eis que estou vivo para sempre”. (cap. 1; v.18).

Essas palavras têm um significado tremendo: Jesus morreu, mas não está mais morto! Ele morreu verdadeiramente um dia, pregado na cruz. Eles O enterraram. Mas três dias depois Ele ressuscitou. Numerosas testemunhas O viram e até O tocaram após Sua ressurreição.

Hoje ele pode dizer: “Eu estava morto”. Ao ler estas linhas, Ele ainda está vivo e prometeu: “Quem crer em mim, ainda que morra, viverá” ( João 11: 25 ). Sua ressurreição é a prova de que Ele venceu a morte e tem o poder de ressuscitar aqueles que crêem Nele. O que Ele prometeu, Ele cumprirá. Mas Ele também prometeu: “Aquele que ... crê ... passou da morte para a vida” daquele momento.


Leitura de hoje: Deuteronômio 30: 1-14 · Gálatas 6: 1-10

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo