Devocional - Terça-feira 13/04/2021


O SENHOR é bom; sua misericórdia é eterna e sua verdade dura por todas as gerações.

Salmo 100: 5.


Um jovem funcionário de banco falou sobre sua fé da seguinte maneira:

“Meus pais e avós eram cristãos. Consequentemente, a atmosfera em minha família deixou uma marca distinta em mim desde o início; não só o que ouvi, mas também o que vivenciei: suas ações condizentes com suas palavras, o carinho, a prontidão para perdoar e a compreensão demonstrada em muitos problemas de minha vida.

“Ser cristão sempre foi uma experiência feliz. Em nenhum momento de minha educação a Bíblia foi imposta a mim. Meus pais nunca me submeteram à piedade, mas me ajudaram cada vez mais, à medida que crescia, a tomar decisões sob minha própria responsabilidade. Com tanta liberdade, pude considerar uma vida com Deus de maneira positiva. No início, aprendi hinos infantis e histórias bíblicas. Todas as semanas participava com entusiasmo do culto infantil. Mais tarde, fui às reuniões dos jovens.

O amor a Cristo cresceu em meu coração, assim como minha prontidão para dedicar minha vida a ele. Mas não estava isento de dúvidas e problemas, tipo “Por que existe tanto sofrimento no mundo?” Tive problemas comigo mesmo, com meus pais e com a escola, e às vezes me desesperava com um comportamento que não conseguia controlar.

Em algum momento, compreendi o fato de que Jesus era tudo de que eu precisava. Ele me amava e eu podia e deveria confessar minha culpa francamente diante dEle. Ele me recebeu como eu era. Por meio da fé Nele e de Sua morte na cruz, obtive o perdão dos meus pecados.

Hoje não consigo imaginar uma vida sem Deus.


Leitura de hoje: Deuteronômio 26: 1-19 · Gálatas 3: 21-29

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo