Devocional - Terça-feira 09/02/2021

Quando ele (Jesus) chegou à sua própria terra, ensinou-os na sinagoga, de modo que se maravilharam e disseram: Onde obteve este homem esta sabedoria e estas obras poderosas? Mateus 13: 54



A família de José, o carpinteiro, era bem conhecida em Cafarnaum. Pelo menos sete crianças cresceram lá. Não eram habitantes conspícuos, exceto um: o mais velho, Jesus, de quem se falava em todo o país. Desde que tinha cerca de 30 anos, Ele começou a pregar. O que Ele disse e ensinou não foram meras admoestações piedosas como o ensino da lei judaica. Havia um grande poder de atração em Suas palavras. Todos sentiram a verdade neles. No entanto, a mensagem nem sempre foi agradável: Ele expôs maus hábitos e ações. Mas a consciência das pessoas lhes dizia que Ele estava certo. Suas palavras tinham a marca da autoridade.

Por tudo isso, Jesus não buscou uma boa reputação; Ele evitou a honra pública. Ele falou em particular com pessoas que queriam contatá-lo.

Em seguida, houve Seus milagres incríveis. “Os cegos vêem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam, o evangelho é pregado aos pobres” ( Lc 7, 22 ). De onde Ele tirou essa habilidade? As pessoas de Nazaré, sua cidade natal, não sabiam explicar.

Esta é uma pergunta para cada um de nós hoje: de onde Ele tirou essa habilidade? Jesus era apenas um homem extraordinário ou é o Filho de Deus? Nossa resposta determina nosso relacionamento com ele. Se eu O considero apenas como um personagem exemplar, então isso me ajuda de pouco. No entanto, se eu reconhecer e reconhecer quem Ele realmente é, isso terá uma influência decisiva em toda a minha vida, pois então creio Nele como o próprio Filho eterno de Deus que morreu por mim.


Leitura de hoje: Números 22: 22-41 · Mateus 13: 31-35


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo