Devocional - Sexta-Feira 31/07/2020

JESUS OU BARRABÁS?


E, respondendo o presidente, disse-lhes: Qual desses dois quereis vós que eu solte? E eles disseram: Barrabás . Mateus 27:21


As alternativas que Pilatos colocou diante do povo judeu, Jesus ou Barrabás, tinham grandes implicações. Barrabás era um revolucionário, um ladrão que havia participado em uma revolta envolvendo um assassinato. Os romanos não perdiam tempo com esse tipo de pessoas: eles os crucificavam. Assim Barrabás acabou na prisão e encarava sua execução. O Senhor Jesus foi sentenciado à morte pela corte suprema dos judeus, por reivindicar ser o Filho de Deus, mas não era Ele, de fato, o Filho de Deus? Não tinha Ele provado mais de uma vez tal fato por meio de Seus milagres? Os mesmos não podiam ser negados; então a inveja foi a razão verdadeira porque foi entregue ao governador romano Pilatos, para ser sentenciado. Agora era costume de Pilatos libertar um prisioneiro durante a festa da Páscoa: as pessoas podiam decidir pelo Senhor Jesus, o Filho de Deus, ou por Barrabás, o assassino. Pilatos admitiu repetidamente que não conseguia encontrar culpa no Senhor Jesus e ofereceu soltá-Lo, mas a multidão havia tomado sua decisão. “Crucifica-o, crucifica-o e solta-nos Barrabás” (Lucas 23:21,18). O clamor da multidão aumentava. Por fim, Pilatos cedeu ao que eles queriam. A quem as pessoas escolheriam hoje? O assassino Barrabás e Satanás com ele? Tal decisão significaria separação eterna de Deus no inferno. Todos os que escolhem o Senhor Jesus, por outro lado, recebem a vida eterna. Ele disse: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida” (João 14:6). Esse é o motivo pelo qual Ele sofreu sobre a cruz a ira de Deus contra o pecado.

Pense e reflita. Deus te Abençoe.


Extraído do O Mensageiro - Deus Ama Você

0 visualização
LOCALIZAÇÃO

Rua: José Adriano de Freitas - 427

Bairro: Rocio 1 - CEP 84130-000

Palmeira - PR

Fone: (42) - 3252-4350

ENTRE EM CONTATO

Obrigado por enviar!

  • Grey Facebook Icon

P R O M O V E N D O   V I D A   E   D I G  N I D A D E   E M   J E S U S