Devocional - Sexta-feira 26/03/2021

A parábola das dez virgens


Vigiai, pois, porque não sabeis nem o dia nem a hora em que o Filho do Homem virá.

Se alguém não tem o Espírito de Cristo, não é dele.

Certamente estou chegando rapidamente. Um homem. Mesmo assim, venha, Senhor Jesus! Mateus 25: 13 ; Romanos 8: 9 ; Apocalipse 22: 20


Resumo. Era um dia de casamento. O casamento foi celebrado quando a noite ainda estava fresca. O noivo seria escoltado por uma comitiva de dez jovens damas de honra. Mas ele estava atrasado e eles adormeceram. À meia-noite, um grito soou: "Eis que o noivo está chegando!" Eles começaram a acender suas lâmpadas, mas cinco deles não tinham óleo. Enquanto compravam, o noivo chegou e entrou no salão com os que tinham azeite, os “sábios”. Os outros encontraram a porta fechada.

Significado. O noivo é Cristo, que voltará para levar os crentes para estar com Ele no céu. As dez virgens são uma ilustração daqueles que carregam um título cristão. Seu sono é o esquecimento no Cristianismo ao longo dos séculos da realidade do retorno do Senhor. O grito da noite é a descoberta bastante recente na história da igreja de que o Senhor retornará. As lâmpadas são o testemunho cristão, e o óleo é a vida de Deus dada pelo Espírito Santo.

Inscrição. Devemos estar prontos para a vinda do Senhor, antes que seja tarde demais! Viver entre os cristãos não é suficiente: precisamos da vida de Deus por meio do arrependimento e da fé no Senhor Jesus. Quando Ele vier por conta própria, não haverá mais tempo para se preparar. A porta será fechada imediatamente. Hoje é a hora de acreditar, o amanhã não nos pertence. Sejamos como as virgens prudentes!


Leitura de hoje: Deuteronômio 13: 1-19 · Mateus 26: 1-16


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo