Devocional - Segunda-Feira 30/11/2020


COMO UM PAI



Vede quão grande amor nos tem concedido o pai, fôssemos chamados filhos de Deus 1 João 3:1 A todos os que receberam o perdão de Deus em Jesus Cristo, “deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus” (João 1:12).


Esses guardam em seus corações essa mensagem preciosa do Senhor Jesus a Seus discípulos: “Pois o mesmo Pai vos ama” (João 16:27).

Na parábola de Lucas 15, o amor do pai acolhe o filho que volta para ele reconhecendo suas faltas: “Pai, pequei contra o céu e perante ti, e já não sou digno de ser chamado teu filho” (Lucas 15:21). Deus recebe do mesmo modo a todo aquele que, ao perceber e reconhecer sua miséria moral, volta-se para Ele para obter o perdão e a vida eterna. Podemos dizer o seguinte dessa pessoa: “Este teu irmão estava morto, e reviveu” (Lucas 15:32).

No primeiro capítulo de Deuteronômio, Deus declara a Seu povo Israel por meio de Moisés: “O SENHOR vosso Deus nele levou, como um homem leva seu filho” (v. 31). Esta comparação evoca a força e os cuidados de Deus, que são experimentadas pelos que confiam nEle.

O crente sabe que pode contar com a compreensão e o apoio de Seu Deus e Pai, quando passa por situações difíceis: “Assim como um pai se compadece de seus filhos, assim o SENHOR se compadece que o temem” (Salmo 103: 13) .

Deus forma os Seus mediante uma disciplina paterna, qual lhes é útil se um aceitam e não desanimam. “Se suporta uma correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? ” (Hebreus 12: 7).

Ele é “o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação” (2 Coríntios 1: 3).


7 visualizações0 comentário
ORT

Rua: José Adriano de Freitas - 427

Bairro: Rocio 1 - CEP 84130-000

Palmeira - PR

Fone: (42) - 3252-4350

  • Grey Facebook Icon
CONTATO

Obrigado por enviar!

P R O M O V E N D O   V I D A   E   D I G  N I D A D E   E M   J E S U S