Devocional - Segunda-Feira 19/10/2020

A ESSÊNCIA DO REINO



Depois de estabelecer uma série de princípios e procedimentos para diminuir os conflitos entre os irmãos por causa de usos e costumes, Paulo concluiu, dizendo: "Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo" (Romanos 14.17).

Dizendo isso, ele separou, com clareza, o material do espiritual, o terreno do celestial, o visível do invisível, o temporário do eterno. Não podemos servir a Deus esperando apenas ou prioritariamente ganhos materiais e imediatos. Precisamos tomar cuidado para que a nossa busca por comida e bebida não comprometa a justiça, a paz e a alegria em nossas vidas ou na vida do nosso próximo. Justiça, paz e alegria são elementos interdependentes. Se formos justos, corretos, teremos paz e alegria. Caso contrário, teremos injustiça, perturbação e tristeza. Uma coisa é consequência da outra e não será possível separá-las, ainda que queiramos. A afirmação do apóstolo nos mostra o reino de Deus como a essência do evangelho, ou seja, a obra de Cristo não tem como objetivo trazer e oferecer o que o homem deseja, mas o que Deus quer. Ele pretende, não simplesmente nos salvar e abençoar, mas estabelecer o governo de Deus sobre nós. A essência do evangelho não é atender às necessidades do corpo, mas da alma e, sobretudo, cumprir o propósito de Deus. Tudo isso, combina perfeitamente com as palavras de Jesus:

"Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir... mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas" (Mateus 6.25,33).


3 visualizações
ORT

Rua: José Adriano de Freitas - 427

Bairro: Rocio 1 - CEP 84130-000

Palmeira - PR

Fone: (42) - 3252-4350

  • Grey Facebook Icon
CONTATO

Obrigado por enviar!

P R O M O V E N D O   V I D A   E   D I G  N I D A D E   E M   J E S U S