Devocional - Quarta-Feira 09/12/2020

GRANDE AMOR


E, quando chegou ao lugar chamado a Caveira, ali o crucificaram, e aos malfeitores, um à direita e outro à esquerda ... E o povo estava olhando. Lucas 23: 33,35


Alguns momentos antes, uma multidão gritava alto, exigindo que o Senhor Jesus fosse crucificado. E agora estava ali de pé, assistindo ao espetáculo da execução de seu.

Quantos deles ouviram como mensagens do Senhor na sinagoga? Ou estava com Ele ali na montanha, junto ao mar da Galileia? Estariam ali alguns dentre os quatro mil que passaram três dias com o Senhor, sem comer? O Senhor não os deixar passar fome, mas de forma maravilhosa os alimentou com sete pães e poucos peixes. Talvez houvesse entre os curiosos tais que, a caminho de Jerusalém, iam diante do Senhor Jesus espalhando as folhas de palmeira, jubilando, dizendo: “Hosana! Bendito o que vem em nome do Senhor! ”; “Bendito o rei de Israel!” (cf. Marcos 11: 9; João 12:13). Eles perdidos glorificado o Deus de Israel, “vendo os mudos a falar, os aleijados sãos, os coxos a andar, e os cegos a ver” (Mateus 15:31).

E agora estavam ali, homens como eu e você, assistindo o sofrimento que o Salvador do mundo preciso. Como foi grande o amor de nosso Senhor por seus inimigos. Ele não desceu da cruz, mas levou sobre Si este terrível sofrimento. Assim, Ele lança uma base - inclusive por aqueles que gritaram por Seu sangue - para possibilitar uma oferta do perdão de toda culpa.

Contemplamos admirados o amor não merecido e ilimitado do Salvador, que também nos alcançou e salvou. Eterna gratidão seja a Ele!


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo