Devocional 02/02/2022

AGINDO NO TEMPO DE CERTO



Podemos fazer coisas incríveis, mesmo que seja devagar, aos poucos, com foco, perseverança, constância e com a maior antecedência possível e razoável. Antecipar demais pode pôr tudo a perder. É o caso de quem namora muito cedo.

Demorar muito para realizar bons propósitos é outro problema sério, pois, na última hora, pode não haver tempo hábil, mesmo que se tenha toda vontade e todos os recursos necessários, inclusive dinheiro. Foi a experiência das virgens, quando foram comprar azeite. Tinham dinheiro, sabiam onde encontrar, conseguiram adquirir, mas chegaram atrasadas para as bodas.

Por isso, está escrito:

"Lembra-te do teu criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e os anos dos quais dirás: não tenho neles contentamento" (Eclesiastes 12.1).

É interessante que a Bíblia nos fala que Deus multiplicou o azeite da viúva, mas não das dez virgens. Ele não fará tudo por nós, pois nos deu responsabilidades pessoais e intransferíveis.

Em sua parábola, Jesus poderia ter dito que o noivo providenciou azeite para todos, mas não foi assim. Deus não fará o nosso trabalho. Ele não fará aquilo que ele mesmo nos mandou fazer. Façamos, antes que seja tarde demais.

Pr. Anísio Renato de Andrade

0 visualização0 comentário